Longueirões à Bulhão-Pato…Experimente, vai adorar!

Os longueirões (ou lingueirões) são moluscos bivalves, que se encontram protegidos por duas conchas articuladas num ponto. Como fazem lembrar um cabo de uma navalha também são conhecidos como tal. De textura algo fibrosa são óptimos para comer simples, por exemplo à Bulhão Pato ou em arroz. Quem ficar com fome com umas amêijoas, recomendo este bivalve já que satisfaz estômagos mais exigentes (de quantidade).

Deve adquirir os longueirões em local que lhe garanta qualidade. Se comprados vivos o animal deve mexer-se ao toque. Devem ser mergulhados em água com sal para libertarem a areia que possam ter. Prepare-os no dia da compra ou no máximo no dia seguinte, garantido sempre que estão vivos no momento da confecção.

Ingredientes:

1 kg de longueirões frescos
5 dentes de alho
2 dl de azeite
3 colheres de sopa de coentros picados
1 pitada de sal
sumo de 1 limão grande

Preparação:

Depois de mergulhar os bivalves em água com sal volte a lavá-los bem em água corrente. Corte em rodelas grossas os cinco dentes de alho e leve a aquecer no azeite. Em lume médio numa caçarola larga coloque os longueirões escorridos. Junte os coentros picados e tape. Pode juntar uma pitada de sal mas não é requisito essencial.

Deixe cozer 5 a 10 minutos. Eventualmente mexa com cuidado uma vez. Se o fizer mais para o final da cozedura corre o risco de os longueirões se soltarem das cascas. Prefira uma caçarola larga para que a maior parte dos bivalves estejam em contacto com o azeite.

Depois de desligar o lume regue com o sumo de limão. Sirva de imediato acompanhado por um bom pão para molhar no molho.

Fonte e todos os direitos reservados a:

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *